quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Reflexão | Fazendo papel de trouxa? SIM SENHOR!



"Trouxa: Termo pejoativo informal usado para qualificar uma pessoa que é facilmente enganada."

Esses últimos tempos tenho visto muita gente falar dessa história de ser trouxa, pensando nisso, descobri: sou uma trouxa, e  honestamente, com muito orgulho. Eu sei, vocês devem estar chocados com essa revelação, não pelo simples fato de eu ser trouxa, talvez, alguns achem mesmo que eu seja uma, o que vocês devem estar pensando é, como ela pode admitir isso? A resposta é rápida e digo com clareza, porque ser trouxa, faz parte de ser humano, de ser alguém com caráter. 

A explicação dessa palavra veio logo no inicio do texto, porque eu cansei de fingir, hoje eu admito que sou uma trouxa, porque tenho sangue correndo nas veias, porque tenho um coração, sim, eu sou facilmente enganada, e isto não é defeito, isso é qualidade, e esta na hora de todo mundo parar de achar o contrário. Aqui vai um recado importante, se você foi enganado, não se menospreze e nem ache que você é a pessoa mais ridícula e burra da face da terra, você está apenas provando para o mundo e para si mesmo, que tem alguém aí dentro que vale a pena. Manipulável? Provavelmente, mais não leve isso para o lado ruim, o que acontece é que simplesmente temos mania de acreditar nos outros, arriscamos sem medo, e isso faz parte da vida, faz parte de ter honra.

A dor traz vida, e a dor me faz sentir viva, não é a melhor coisa para se sentir, a decepção não é algo que podemos colocar no lado da balança de coisas boas da vida, mais ensina, e como ensina, talvez você deva estar com medo de se arriscar de novo, depois que levou um baque, mais hoje estou aqui para dizer, não tenha medo de ser trouxa, as dores que passamos ao longo da vida nos acrescentam dias a mais, momentos a mais, existe uma fagulha sendo lançada a cada esquina quando decidimos ser simplesmente e nada menos, do que nós mesmos. Assim como dizia Walt Disney: Acredite na beleza de seus sonhos.

Me chamaram de trouxa esses dias, simplesmente depois de eu ter ajudado a pessoa que estava passando por depressão e pensando até em suicídio, e tenho que concordar, eu realmente sou uma trouxa, sou uma trouxa porque simplesmente quis ajudar alguém, e bem, se acreditar no outro, se fazer o bem faz de mim uma trouxa, então eu sou a maior trouxa de todas, e vou ser assim até o meu último dia de vida, e agradeço a Deus por isso. 

Para finalizar esse texto de hoje, o último post do ano, venho contar que me deparei com essa foto - do inicio do texto - no instagram da Blogueira Taciele Alcolea, e isso me fez pensar, o tanto de vezes que temos medo, principalmente depois de tantas decepções que vivemos ao longo da nossa jornada nesta terra, e isso me fez sentir na obrigação de vir falar com vocês que estão decepcionados com algo ou alguém, porque esse ano eu realmente me decepcionei com muita gente, e muitas vezes nesses casos temos o costume de nos martirizar, de nos culpar até pelos pequenos erros, e por isso foi que depois de muito refletir a respeito, cheguei a conclusão que ser trouxa não é algo ruim, na verdade isso só fez de mim alguém que se jogou de cabeça na vida, e mais do que isso, posso dizer que valeu a pena, sempre vale a pena se entregar a algo que você acredita, sem se importar com o que vão dizer, assim como na foto, quando estamos fazendo algo diferente e fantástico, sempre haverão críticas, e sinto avisar, até decepções, mais assim como na frase, algo faz bastante sentido, não desanimem, porque se tem acontecido este tipo de coisa com vocês, significa simplesmente uma coisa: você esta no caminho certo. 

Por isso hoje no último dia do ano, venho desejar a vocês, venho desejar ao mundo, que sejamos todos trouxas, que sejamos cada vez mais corajosos para tentar inovar, que tenhamos coragem para encararmos os nossos desafios, e até mesmo para estufar o peito e dizer: Eu posso, eu consigo. De inicio esse tipo de coisa parece ser até difícil, e até mesmo dolorido, mas faz com que tenhamos um mundo melhor, sem as perguntas, não teríamos as respostas, então desejo do fundo da minha alma, que sejamos todos trouxas em 2016, que sejamos trouxas para sempre. Que sejamos humanos, que acreditemos e façamos o bem, hoje e sempre. 

Feliz Ano Novo e até amanhã, ou melhor dizendo, até 2016. 

Beijos e abraços. 

Daniella Rodrigues.






2 comentários:

  1. Ameeei o textooo!! Que em 2016 sejamos todos trouxas!!!
    Parabens pelo blog, amei muito, ja estou seguindo!
    Que seu 2016 venha repleto de sucesso e conquistas!
    Beijoss
    http://menteeliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, te desejo o mesmo! ;) Já estou seguindo também! Bjos e Feliz 2016!

      Excluir